Núcleo Hpylori
fechar
Prezado(a) Doutor(a),

Para ter acesso às informações é necessário que seja associado ao nosso site. Caso este seja o seu Primeiro Acesso, clique no link Associe-se que está disponível no final desta página e informe seus dados cadastrais para se tornar um associado.

Se já for um associado, faça seu login na área restrita na parte superior desta página, fornecendo email e senha.

Em caso de dúvidas, entre em contato pelo link "Fale Conosco”.

Atenciosamente,

Equipe Núcleo Brasileiro para Estudo do H. pylori
fechar

Trabalhe Conosco



Apreciamos sua intenção de integrar à equipe da Nova Química.

Nossa política é de prestar o melhor serviço ao cliente, e isto se torna possível por contarmos com colaboradores motivados e sintonizados com os valores do nosso Laboratório.

Para você que deseja fazer parte de nossa equipe comercial envie seu currículo para miriam.silva@nqfarma.com.br.
E para você que deseja fazer parte em outros setores envie seu currículo para carla.ferreira@ems.com.br.

Atenciosamente,
Equipe Nova Química
fechar
Fale conosco
Este espaço é para seus comentários, reclamações, sugestões e/ou dúvidas:
fechar
A Nova Química Farmacêutica respeita a privacidade dos visitantes deste site e armazenará apenas os dados cadastrais como nome, e-mail, matrícula e outros, quando fornecidos espontâneamente.

A nova Química se compromete a coletar, manter e garantir o sigilo de suas informações pessoais fornecidas, e somente as divulgará quando solicitadas por autoridades governamentais ou por exigência legal.

Em caso de dúvidas, favor contatar o nosso Serviço de Atendimento através do telefone 0800 026 2274 ou envie-nos um e-mail para sacsp@nqfarma.com.br.
fechar
Em conformidade com as regras de acesso a informações restritas aos profissionais de saúde, faz-se necessário o controle de acesso através do cadastramento prévio dos usuários.

O Copyright de todas as informações publicadas nesta página está reservado para a Nova Química, e a sua reprodução, utilização, publicação ou qualquer outro uso está estritamente proíbido, sem que seja autorizado por escrito pela Nova Química.
fechar
Em 17 de dezembro de 2008 entrou em vigor a RDC N.° 96/2008 que regulamenta sobre propagandas, mensagens publicitárias e promocionais e outras práticas, cujo objeto seja a divulgação, promoção e/ou comercialização de medicamentos de produção nacional e importados, em quaisquer formas e meios de sua veiculação.

A íntegra da RDC N.° 96/2008 pode ser obtida no site da ANVISA.

Link para as regras RDC 96/2008:
fechar

Atendimento ao Consumidor

A Nova Química oferece uma linha direta para informações sobre nossos produtos.

Entre em contato por meio do formulário disponível no link Contato ou através dos telefones abaixo, para dúvidas, comentários, reclamações ou sugestões:

- 0800 773 5060 (SAC para assuntos comerciais)

- 0800 026 2274 (SAC para atendimento técnico ao consumidor)

O nosso horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 9:00h às 18:00h
ÁREA RESTRITA
Esqueci minha senha! Cadastre-se Como utilizar o site
ÁREA RESTRITA
+ Voltar para o login
O que é

O que é  Helicobacter pylori?

Helicobacter pylori (H. pylori) é um bacilo em forma de espiral, Gram negativo, que é encontrado na mucosa que reveste o estômago humano e tem sido associado com diferentes doenças digestivas. A bactéria foi identificada pela primeira vez por Marshall e Warren, em 1983, na Austrália, descoberta esta que lhes conferiu o prêmio Nobel em Medicina e Fisiologia em 2005. Após sua identificação, o microrganismo tem sido verificado, em diferentes partes do mundo, em 50% ou mais da população mundial.

Como nos infectamos?

 A infecção por H. pylori  é adquirida predominantemente na infância,  antes dos 10 anos de idade. O baixo nível sócio-econômico e suas consequências naturais, como más condições de habitação e higiene, são hoje considerados o principais facilitadores para aquisição da infecção pelo H. pylori.

A transmissão parece ocorrer de pessoa a pessoa.  Há dúvidas se a transmissão ocorre por via oral-oral, fecal-oral ou ambas. A via fecal-oral seria a dominante em populações com alta prevalência da infecção na infância e baixo nível sócio econômico, onde fezes ou material contaminado por elas poderiam ser ingeridos e transmitir a infecção. A via oral-oral predominaria nas populações com indicadores socioeconômicos mais favoráveis, onde a bactéria, ao refluir do estômago para a boca, poderia ser transmitida de pessoa a pessoa através do contato com a saliva e outras secreções da boca por contato direto ou indireto.

Que doenças a bactéria pode provocar?

Alcançando o estômago, o microrganismo se multiplica em contato íntimo com as células epiteliais do estômago provocando uma inflamação crônica (gastrite). Na grande maioria das pessoas esta inflamação é insuficiente para causar qualquer sintoma ou doença, assim permanecendo por toda a vida. Em ínfima parcela da população, alguns indivíduos irão desenvolver doenças clínicas como a úlcera no estômago ou duodeno, ou mesmo, o câncer gástrico. É hoje reconhecido que mais de 95% das úlceras são causadas por esta bactéria e que seu tratamento é capaz de curar definitivamente a úlcera, impedindo novas crises ou complicações. Em relação com o câncer gástrico, a bactéria atua como um importante fator de risco para o seu desenvolvimento, sendo por isto considerada pela Organização Mundial da Saúde um carcinógeno do tipo 1 para o câncer do estômago (da mesma forma que o tabaco o é para o câncer de pulmão).
 

Topo da página
Busca no site
Serviços ao profissional Pesquisa bibliográfica
Clique aqui e solicite a sua pesquisa
Dissertações e teses
Publicações
Núcleo Brasileiro do estudo do H. pylori
Av. Brigadeiro Faria Lima, 2391 - Cj 102
CEP 01452-000 - São Paulo - SP
atendimento@nucleohpylori.org.br
11 3813-1610 - Fax 11 3032-1460
Apoio